Dentro de uma lógica de pesquisa e investigação, a primeira fase de City Cortex envolveu uma aproximação entre os participantes e a matéria-prima que o programa propõe utilizar: a cortiça. Todos os arquitectos e designers tiveram oportunidade de mergulhar no universo desta matéria-prima altamente sustentável, de conhecer as suas propriedades, características naturais e a diversidade de utilizações que tem hoje, testemunhando como é transformada, aplicada e reutilizada nas unidades fabris da Corticeira Amorim.

Numa segunda fase, este grupo de autores dedicou-se à conceptualização e desenho de projectos que partindo da utilização da cortiça proposeram formas de activar o espaço público, conforme o briefing do programa City Cortex.

A inauguração de City Cortex  tem lugar em Bélem e na Trafaria no dia 6 de Junho de 2024, altura em que serão apresentados ao público pela primeira vez.

Serão depois mostrados aqui, a 7 de Junho de 2024.